Lily, um drone que segue você para te filmar

Um drone que acompanha você em (quase) qualquer lugar e te filma em ângulos variados. Já pensou nisso? Pois saiba que esta é a proposta do Lily, um pequenino e simpático drone que entrou em pré-venda nesta semana.

A maioria das aeronaves não tripuladas disponíveis no mercado é complexa e exige treino, se não para pilotagem, para o controle da câmera. O Lily é um projeto que tenta te livrar dessas tarefas. Assim, você pode ficar focado nas manobras no skate, naquele salto de bicicleta, naquela coreografia, enfim.

Para começar, o Lily não requer um joystick complexo para ser controlado. Tudo o que você precisa fazer é ligá-lo e lançá-lo no ar. Pode ser de uma ponte, de um veículo em movimento, da varanda da sua casa, de onde você achar melhor (mas escolha uma área livre de obstáculos para evitar acidentes). Imediatamente, o drone começará a voar e te seguirá para onde você for.

lily_hands-700x363

O drone sabe que deve te seguir graças a uma espécie de rastreador que você pode usar como relógio ou carregar na mochila, por exemplo. O dispositivo possui GPS e emite sinais continuamente para o Lily te localizar. Ali também está o microfone.

Para voar, o Lily utiliza quatro hélices que conseguem fazê-lo atingir velocidades de até 40 km/h. A altura máxima possível é de 15 metros, com o drone podendo ficar até 30 metros longe do usuário. Acelerômetro, giroscópio, barômetro e GPS ajudam na orientação da aeronave e na tomada precisa de imagens (sem tremores ou borrões).

lily_rastreador-700x467

Como estamos falando de um drone para filmagens, a câmera do Lily é virada para baixo. Com lente grande angular (94 graus), o componente possui 12 megapixels e pode registrar imagens em 1080p e 60 quadros por segundo ou 720p e 120 frames. O equipamento possui 4 GB de espaço para armazenamento das imagens, mas a capacidade pode ser aumentada com microSD.

O Lily está sendo preparado para definir sozinho parâmetros como distância e ângulo para os registros das imagens. Mas também é possível acionar determinadas configurações a partir dos controles existentes no rastreador ou mesmo via app para iOS ou Android – a conexão com o smartphone pode ser feita via Bluetooth e Wi-Fi.

A novidade também foi projetada para ser à prova d’água. Assim, o Lily pode trabalhar em um dia chuvoso ou “sobreviver” caso caia na água (se isso acontecer, a aeronave boiará).

Publicado em tecnoblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *